segunda-feira, 28 de junho de 2010

Trecho do Diário das Horas 002


Eu voltei. Precisava voltar.
Estavam todos lá, dedicados a uma festa alegre e cheia de paixões.
Eu estava demasiado pesado para caminhar entre eles.
Tinha o passado sobre mim.
Sobre as minhas veias viciadas.
Sobre o estômago obeso.
Sobre os meus olhos enfermos de pouca luz.
Preferi voltar pra casa e sentar em alguma cadeira perto da janela.
Porque eu deveria vê-los de longe.
Porque eu precisava acreditar que eu já tinha desistido.
Como um animal que dorme faminto em sua jaula vazia.

Leometáfora

6 comentários:

Anne disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anne disse...

Ieu achu baum ocê vortá mermu...hehe.

Há quem fique do lado de fora da jaula desafiando o animal que está preso.
Uma fera presa e faminha...
Mas um dia alguém abrirá a porta.

Tenha um ótimo fim de semana!

Bjs da amiga,

Anne.

Anne disse...

Corrigindo o meu erro de digitação...
Uma fera presa e faminta...

Bye!

Sam. disse...

fiquei triste agora.. vc nem me disse que tinha blog :(

me privando de coisas bonitas né Hugo Leonardo...rsrs
tem mais coisas aqui do que no meu orkut..rsrs

Bjos.!

Penduro estrelas no varal do dia disse...

Você tem o dom da escrita .
Gostei muito dos seus textos.
Beijos :*

Jacqueline Cyntia disse...

Amei,seu blog. Parabéns!!
Um abraço.