sábado, 13 de março de 2010

Prefiro a escravidão da esperança.


Desejo alcançar seus pensamentos. Contê-los. Decifrá-los. Sugar da poesia de seu sorriso, a contenda de amor que ainda me cabe. Mas não sei se me cabe, pois meus polidos limites jazem sobre a terra seca. Já nem sei me doar como antes. - Que seja ela! Diz meu coração se repetindo em sua aflição. E eu digo: Não sonhe! Hoje estou fechado a incursões sentimentais. Só queria um pouco da paz que sua doçura representa. Depois podes ir sem olhar pra trás, se assim o escolher. Entretanto vou contar meu segredo agora. Aquele que guardei por tantos anos duvidando de ainda encontrar o amor. Era alguém como você que eu esperava. É esse o segredo que agora se desfaz, pois talvez o seu silêncio seja a sua resposta. Os dias permanecerão livres e frios, sem você. Dias inteiros no vazio que é ser livre sem teus beijos?
Nunca! Prefiro que sejas a dona dos meus sentidos.
Prefiro a escravidão da esperança, à dureza moribunda do ceticismo.


Leometáfora

Um comentário:

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do blog Fabrício Carpinejar. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Eu sei que é um abuso da minha parte te mandar essa propagando control c control v, mas sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas no blog do meu xará, inclusive é seguidor do meu blog, claro que ela faz isso mais por gentileza do que pela qualidade do meu texto, mas estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/